Volta da Lapa

CURITBA (gray but no rain) A volta da Lapa é uma clássica da região de Curitiba e estava na minha listinha já fazia algum tempo.  O percurso é um loop de cerca de 180km com 2000m de subidas acumuladas saindo de Curitiba e passando por Campo Largo, Balsa Nova, Porto Amazonas, Lapa, Contenda e Araucária.

Volta da Lapa

Volta da Lapa

Dá pra dividir o percurso em cinco pernas. 1) Parque Barigui-Pedágio de São Luiz de Purunã, 2) Pedágio-Ponte do Rio Iguaçu em Porto Amazonas, 3) Ponte-Lapa, 4) Lapa-Araucária, 5) Araucária-Barigui,

A primeira parte é um trajeto conhecido por qualquer ciclista Curitibano que se preze. Tem cerca de 37km e a serrinha de SLP no fim. O acostamento entre Curitiba e Campo Largo está uma bosta.

A segunda parte é uma delicia. No domingo tem pouquíssimo movimento e a estrada está bem melhor. São 37km saindo de 1150m e chegando aos 770m na ponte que cruza o Rio Iguaçu. Como tudo que desce tem que subir, a terceira perna já na PR 427 tem 32km saindo do Rio Iguaçu aos 770m e chegando na cidade da Lapa aos 911m. A estrada é muito bonita e movimento baixíssimo (pelo menos no domingo).  De vez em quando passam uns motoqueiros fazendo barulho e um ou outro caminhão solitário. O acostamento é bom mas estreito.

IMG_3466

Nos trechos 2 e 3 não tem um mísero posto de gasolina. Se precisar de água, a única alternativa é entrar na cidade de Porto Amazonas. Nós conseguimos água numa igreja já perto da Lapa. No fim desse trecho que um posto com restaurante. O almoço custa R$ 15 e acredite, tem o poder de ressuscitar um ciclista.

IMG_3467

Recharging mode

O quarto trecho começa com uma serrinha que acaba no pedágio da Lapa e depois segue por cerca de 20km com retas e descidas até Contenda. Esse trecho (BR 476, também conhecido como Rodovia do Xisto) tem mais movimento mas o acostamento é muito bom. Tem alguns trechos de terceira pista sem acostamento, porém. O trajeto segue com algumas subidas e descidas até Araucária.

A última perna de pouco mais de 30km é chata e feia. O asfalto continua bom mas a paisagem muda bastante. Lugar feio do cacete esse trecho entre Araucária e o Contorno. Uma opção seria a Av. das Araucárias. Eu passei de carro por lá recentemente e o asfalto está cheio de buracos. Portanto, a BR476 acaba sendo a melhor alternativa. O trecho final  do contorno até o Parque Barigui eu fiz sozinho pois o Daniel e o Fabricio foram para São José dos Pinhais e o Arce que seria meu companheiro abortou no começo do pedal com 28 furos no pneu dianteiro.

Olhando o mapa, uma opção para cortar esse último trecho seria a PR 510 que liga contenda Balsa Nova e  Campo Largo. Pensando melhor, dá uma volta da Lapa alternativa saindo de Campo Largo e passando por Balsa Nova via estrada do Bugre.

Volta alternativa

Volta alternativa

 

2 thoughts on “Volta da Lapa

  1. Pelo Google Maps, parece que são 29km de estrada de chão de Balsa Nova até a Contenda… Dá pra arriscar 🙂

Leave a Reply